segunda-feira, 12 de abril de 2010



PROJETO LEITURA AMIGA

O livro é aquele brinquedo, por incrível que pareça,
Que, entre um mistério e um segredo,
Põe idéias na cabeça.
(Maria Dinorah)


A literatura infantil contribui para o crescimento emocional, cognitivo e para a identificação pessoal da criança, propiciando ao aluno, à percepção de diferentes resoluções de problemas, despertando a criatividade, a autonomia, a criatividade, que são elementos necessários na formação da criança de nossa sociedade atual.
As situações de interação, contato e manuseio de diferentes materiais escritos são importantes para a aprendizagem da leitura e da escrita. Mas, será ainda mais enriquecedor se este manuseio e contato forem com histórias de literatura infantil, pois os desenhos maravilhosos e os enredos instigantes que se encontram explícitos nos livros são como uma chamada, um convite que fascina a criança, proporcionando-lhe imenso prazer e interesse.
A leitura é um processo amplo, que envolve a produção do sentido. De nada adianta ler sem compreender, ouvir sem gostar. É no encontro com qualquer forma de Literatura que os homens têm a oportunidade de ampliar, transformar, ou enriquecer sua própria experiência de vida.
E foi pensando dessa forma que elaborei com carinho esse projeto: “Leitura amiga” na qual tem por objetivo o resgate das histórias na sua plenitude.



OBJETIVO GERAL DO PROJETO:


Despertar o interesse e o gosto pela leitura, ampliando assim o universo lingüístico da criança.
Atividades:
• Baú de histórias, com vários livros para serem lidos, trocados, contados, desenhados, reescritos;
• Baú da fantasia para que possam dramatizar a(s) história(s) contada(s);
• Criar suspense antes de contar a história, explorar a capa do livro, suas ilustrações, título;
• Colocar nas costas de um aluno ( ou mais de um se quiser colocar várias palavras), um papel com uma palavra escrita, para que a turma tente ler o que está escrito (o aluno evita a leitura) e adivinhe do que se trata o livro;
• Usar voz expressiva, animando a leitura, fazendo perguntas e comentários, imitando e inventando vozes para cada um dos personagens, montando cenários e enfatizando situações emocionantes;
• Recontar a história com fantoches;
• Caracterizar personagens ( bom momento para identificar valores humanos);
• Analisar o assunto principal da história;
• Em roda colocar os livros no meio da sala ou distribuir um para cada um. Pedir que leiam e ainda na roda recontem a parte que mais gostaram da história. Ilustrar no final;
• Teatro de fantoches, teatro de sombras, teatro de palito Che, dramatizações;
• Utilizar a mesma história contada em épocas e autores diferentes para que façam comparações:elaborar novas versões dos contos de fadas;

Um comentário:

  1. Gostei do projeto. Tomei a liberdade de falar sobre ele no meu blog e divulgá-lo.

    ResponderExcluir

VOU ADORAR LER SEU RECADINHO.